4 Iogurtes Infinitos – Caspian + Viili + Bulgaricus + Filmjolk Procurando Onde Comprar? Compre Aqui Só R$59,90 os 4 Juntos com Frete Grátis para Todo Brasil.

Procurando os Iogurtes Infinitos Caspian ou Caspio, Viili, Bulgaricus, Filmjolk ? Então Aproveite e Compre Aqui o Caspian + Viili + Bulgaricus + Filmjolk os 4 juntos para receber na mesma encomenda por Apenas R$59,90 você recebe os quatro Iogurtes Infinitos no seu endereço em Qualquer Cidade do Brasil. Nesse valor de R$59,90 já está tudo incluído inclusive o valor do Frete.

Caspian-Viili-Bulgaricus-Filmjolk-4-Iogurtes
Caspian-Viili-Bulgaricus-Filmjolk-4-Iogurtes

Após a Postagem nos Correios será Enviado o Código de Rastreamento para o seu E-mail.
Após você finalizar o pagamento não precisa confirmar pois ele é identificado automaticamente.

Clique nesse botão abaixo “COMPRAR” de cor VERDE e você será direcionado para o PAGSEGURO Sistema de Pagamento que utilizamos para finalizar o pagamento da compra do Caspian + Viili + Bulgaricus + Filmjolk que pode ser pago com Cartões de Crédito em até 4x ou por Boleto Bancário á vista ou transferência Bancária para todos os Bancos.
Após clicar nesse botão abaixo “COMPRAR” será aberto uma nova tela, digite seu e-mail e clique em Avançar para prosseguir e preencher os seus dados e endereço de entrega para escolher a forma de pagamento e finalizar seu pedido e pagamento.







Se você preferir Pagar por depósito ou transferência bancária temos conta na Caixa Econômica, Banco do Brasil, Banco Inter, Santander e Itaú, solicite o numero da nossa conta pelo nosso e-mail ou WhatsApp que informaremos para você.

SERÁ ENVIADO PARA VOCÊ:
– Porção de Grãos Sementes Starter do CASPIAN SEA YOGURT Desidratado Para Começar O Cultivo
– Porção de Grãos Sementes Starter do Viili YOGURT Desidratado Para Começar O Cultivo
– Porção de Grãos Sementes Starter do Bulgaricus YOGURT Desidratado Para Começar O Cultivo
– Porção de Grãos Sementes Starter do Filmjolk YOGURT Desidratado Para Começar O Cultivo
– Manual do CASPIAN SEA YOGURT o Iogurte Infinito
– Manual do Viili YOGURT o Iogurte Infinito
– Manual do Bulgaricus YOGURT o Iogurte Infinito
– Manual do Filmjolk YOGURT o Iogurte Infinito
– Instruções Para O Manuseio do CASPIAN SEA YOGURT desde o início até a manutenção para o consumo diário.
– Instruções Para O Manuseio do Viili YOGURT desde o início até a manutenção para o consumo diário.
– Instruções Para O Manuseio do Bulgaricus YOGURT desde o início até a manutenção para o consumo diário.
– Instruções Para O Manuseio do Filmjolk YOGURT desde o início até a manutenção para o consumo diário.

“Não se preocupe pois os 4 Iogurtes Infinitos Caspian + Viili + Bulgaricus + Filmjolk não estraga durante o transporte nos Correios”.

Os pedidos são postados nos correios em até 2 dias após a aprovação do pagamento.

PRAZOS DE ENTREGA POR ESTADOS:
– Paraná (PR) – Para esse Estado está sendo entregue de 3 a 4 dias.

– Minas Gerais (MG), Rio de Janeiro (RJ), Rio Grande do Sul (RS), Santa Catarina (SC), São Paulo (SP) – Para esses Estados está sendo entregue de 4 a 5 dias.

– Bahia (BA), Distrito Federal (DF), Espírito Santo (ES), Goiás (GO), Mato Grosso (MT), Mato Grosso do Sul (MS), Pará (PA), Paraíba (PB), Pernambuco (PE), Piauí (PI) – Para esses Estados está sendo entregue de 5 a 7 dias.

– Acre (AC), Alagoas (AL), Amapá (AP), Amazonas (AM), Ceará (CE), Maranhão (MA), Rio Grande do Norte (RN), Rondônia (RO), Roraima (RR), Sergipe (SE), Tocantins (TO) – Para esses Estados está sendo entregue de 6 a 8 dias.

Ou pelo nosso E-mail: atendimento.kefir@gmail.com

Veja abaixo as informações completas dos 4 Iogurtes Infinitos Caspian + Viili + Bulgaricus + Filmjolk

caspian-sea-iogurte

O Caspian Sea Yogurt (yogurt do Mar Caspio) é um tipo de iogurte infinito, nele não há grãos visíveis como no kefir, as bactérias lacteas(estreptococos cremoris nome científico Lactococcus lactis subespécie cremoris como o componente principal; Gluconobacter Bacillus, Lactobacillus Lactobacillus, de levedura) estão misturadas no yogurt.

Este fungo, tem o hábito de liberar a “goma” em torno das bactérias ao começar a fermentação do ácido láctico, este material viscoso dá uma textura única ao iogurte do Mar Cáspio semelhante ao mel sendo um pouco gelatinosa.

O Caspian fermenta a uma temperatura entre 20 a 30 ºC , basta ter a cultura inicial , ou a “semente” e teremos iogurte infinito. Essa “semente” nada mais é do que uma pequena porção do yogurt pronto,devemos tirar a camada superficial e usar uma porção do centro do yogurt como “muda”.Isso deve ser feito antes de consumir seu yogurt para evitar o risco de contaminação. A essa “semente”acrescentamos mais um copo de leite e após 8 a 12 hrs seu yogurt estará pronto novamente,e deve ser levado à geladeira para gelar e estabilizar a fermentação antes de ser consumido.

Podemos congelar pequenas quantidades desse yogurt como reserva por até 60 dias para o caso de haver contaminação ou de alguém comer tudo e esquecer de tirar uma muda antes.

Quanto ao sabor é mais suave que kefir, mas também é muito mais simples nutricionalmente .Agrada muito o paladar das crianças em geral.Também pode ser dessorado para fazer um delicioso yogurt grego(assim como o kefir).

Iogurte Caspian Sea Yogurt conhecido por IOGURTE DO MAR CASPIO, CSY, MATSOUN, MATSONI, CREME DE LEITE BRANCO e outras denominações, o iogurte da região situada entre o Mar Cáspio e o Mar Negro, na Europa Oriental, é um grande diferencial tratando-se de fermentados. Sua cremosidade única, ausência de acidez e especialmente o fato de não ser azedo como outros fermentados, agrada a todos. Mesófilo (se desenvolve melhor em condições de temperatura moderada), sua temperatura ideal de fermentação situa-se em torno de 24°.

De consistência firme e sabor suave, lembra o iogurte grego. Probióticos vivos (Lactococcus cremoris FC) e polissacarídeos viscosos (EPS) contribuem muito para a melhora do organismo, atuando na microflora intestinal e aumentando o teor de imunidade.

De fácil manuseio, seu preparo necessita somente da cultura inicial (starter em pó, granulado ou pasta), leite, recipiente esterilizado e colher também esterilizada. Basta reidratar brevemente e misturar o starter ao leite, deixando descansar em temperatura ambiente, até que após 24 horas nota-se que endureceu no vasilhame. Este tempo para a obtenção do ponto é variável, especialmente por se tratar de produto natural e portanto suscetível a diversas influências decorrentes da qualidade do leite utilizado (sempre integral), manuseio e temperatura local (do ambiente aonde se dá a fermentação). Não utiliza iogurteira e basta ter uma vez para de seu próprio iogurte retirar a matriz para o próximo.

É delicioso vale a pena consumir

Instruções para o manuseio do Caspian Sea Yogurt

1. Esterilize os utensílios.

2. Reidrate o conteúdo da embalagem recebida colocando-o em duas colheres de sopa de leite (integral e à temperatura ambiente) durante 15 minutos. Após, dê a partida inicial misturando o starter reidratado a 100ml de leite (integral e à temperatura ambiente) e batendo no liquidificador ou mixer por aproximadamente 2 minutos. Depois, despeje todo o conteúdo num recipiente de vidro e tampe com filme plástico, guardanapo ou toalha de papel, fixando com fio ou elástico.

3. Deixe fermentar até que atinja o ponto ideal de firmeza. O tempo base para este processo é de 24 horas, porém varia por estarmos trabalhando com produto natural, suscetível a diversas influências decorrentes de uma série de fatores, como a qualidade do leite utilizado (sempre integral e à temperatura ambiente), manuseio e temperatura local (do ambiente aonde se dá a fermentação). A temperatura ambiente indicada situa-se em torno de 24°.

4. O recipiente da fermentação deve ficar totalmente estático, sem ser movimentado ou balançado nesse período. 

5. Assim que perceber a consistência firme, coloque-o na geladeira para estabilizar a fermentação.

6. Entre duas e quatro horas pode retirar, está pronto seu CSY. Antes de servi-lo faça a nova partida, tirando um pouco do iogurte pronto do centro do recipiente. Para cada colher de sopa cheia retirada, coloque o equivalente a 100ml de leite integral e à temperatura ambiente.

7. O que sobrou pode ser consumido puro, com adição de frutas, a seu gosto.

8. Quando fizer pela primeira vez, não consuma o primeiro, apenas tire a próxima partida e comece a consumir a partir do terceiro ou quarto, de preferência. Nos primeiros dias o gosto ainda estará carbonatado, mas à medida que as fermentações forem se sucedendo o sabor passará a ser o natural . 

9. Se você perceber que o iogurte “desandou”, seja por por alteração brusca ou inadequação de temperatura, desproporção do leite ou qualquer outro motivo, não se preocupe; é só dessorar este resultante colocando-o em um coador de café e deixando-o na geladeira em torno de 4 horas (ou até todo o soro ser drenado). Após misture o conteúdo do coador a 100ml de leite (integral e à temperatura ambiente) e bata no liquidificador ou mixer por aproximadamente 2 minutos. Depois, despeje todo o conteúdo num recipiente de vidro e tampe com filme plástico, guardanapo ou toalha de papel, fixando com fio ou elástico.

10. Não esqueça de fazer seu starter reserva. Assim que fizer seu primeiro iogurte, lembre de retirar uma parte e congelar.

 11. Basta seguir estas instruções, dar manutenção e o seu CSY será para sempre.

villi-iogurte

VIILI é um iogurte mesófilo (se desenvolve melhor em condições de temperatura moderada), procedente dos países nórdicos (Dinamarca, Finlândia, Islândia, Noruega e Suécia). Sua temperatura ideal de fermentação situa-se em torno de 22° e considera-se 25° já uma temperatura limite, que não deve ser excedida para que se obtenha a consistência ideal. 

A ação microbiana de bactérias lácticas produzem exopolissacáridos, responsáveis por sua consistência gelatinosa e o sabor suave e agradável, levemente doce se comparado a outros laticínios em cultura de iogurte, tornando-se uma boa opção inclusive para crianças pequenas. 

O VIILI  também apresenta uma superfície de crescimento de levedura, na qual se forma uma camada aveludada.

Nos países nórdicos o Creme VIILI é feito a partir de nata em vez de leite e é usado na culinária, como creme de leite, com cebolinha e outros temperos, como molho frio para os peixes ou como base para molhos de imersão. 

De fácil manuseio, seu preparo necessita somente da cultura inicial (starter em pó, granulado ou pasta), leite, recipiente esterilizado e colher também esterilizada. Basta reidratar brevemente e misturar o starter ao leite, deixando descansar em temperatura ambiente, até que após 24 horas nota-se que endureceu no vasilhame. Este tempo para a obtenção do ponto é  variável, especialmente por se tratar de produto natural e portanto suscetível a diversas influências decorrentes da qualidade do leite utilizado (sempre integral), manuseio e temperatura local (do ambiente aonde se dá a fermentação). Não utiliza iogurteira e basta ter uma vez para de seu próprio iogurte retirar a matriz para o próximo.

Instruções para o manuseio do Viili Iogurte Infinito

1. Esterilize os utensílios.

2. Reidrate o conteúdo da embalagem recebida colocando-o em duas colheres de sopa de leite (integral e à temperatura ambiente) durante 15 minutos. Após, dê a partida inicial misturando o starter reidratado a 100ml de leite (integral e à temperatura ambiente) e batendo no liquidificador ou mixer por aproximadamente 2 minutos. Depois, despeje todo o conteúdo num recipiente de vidro e tampe com filme plástico, guardanapo ou toalha de papel, fixando com fio ou elástico.

3. Deixe fermentar até que atinja o ponto ideal de firmeza. O tempo base para este processo é de 24 horas, porém varia por estarmos trabalhando com produto natural, suscetível a diversas influências decorrentes de uma série de fatores, como a qualidade do leite utilizado (sempre integral e à temperatura ambiente), manuseio e temperatura local (do ambiente aonde se dá a fermentação). A temperatura ambiente indicada situa-se em torno de 22°.

4. O recipiente da fermentação deve ficar totalmente estático, sem ser movimentado ou balançado nesse período.

5. Assim que perceber a consistência firme, coloque-o na geladeira para estabilizar a fermentação.

6. Entre duas e quatro horas pode retirar, está pronto seu VIILI. Antes de servi-lo faça a nova partida, tirando um pouco do iogurte pronto do centro do recipiente. Para cada colher de sopa cheia retirada, coloque o equivalente a 100ml de leite integral e à temperatura ambiente.

7. O que sobrou pode ser consumido puro, com adição de frutas, a seu gosto.

8. Quando fizer pela primeira vez, não consuma o primeiro, apenas tire a próxima partida e comece a consumir a partir do terceiro ou quarto, de preferência. Nos primeiros dias o gosto ainda estará carbonatado, mas à medida que as fermentações forem se sucedendo o sabor passará a ser o natural .

9. Se você perceber que o iogurte “desandou”, seja por por alteração brusca ou inadequação de temperatura, desproporção do leite ou qualquer outro motivo, não se preocupe; é só dessorar este resultante colocando-o em um coador de café e deixando-o na geladeira em torno de 4 horas (ou até todo o soro ser drenado). Após misture o conteúdo do coador a 100ml de leite (integral e à temperatura ambiente) e bata no liquidificador ou mixer por aproximadamente 2 minutos. Depois, despeje todo o conteúdo num recipiente de vidro e tampe com filme plástico, guardanapo ou toalha de papel, fixando com fio ou elástico.

10. Não esqueça de fazer seu starter reserva. Assim que fizer seu primeiro iogurte, lembre de retirar uma parte e congelar.

11. Basta seguir estas instruções, dar manutenção e o seu VIILI será para sempre.

Bulgaricus-Iogurte

O Bulgaricus Iogurte Infinito é procedente da Bulgária, terra dos iogurtes, o Bulgaricus é produto da sinergia entre as bactérias Streptococcus Thermophilus e Lactobacillus Bulgaricus (desde 2014 denominada Delbrueckii Lactobacillus subespécie Bulgaricus), identificada em 1905 pelo biólogo Estame Grigorov. Existente ao natural somente no ar búlgaro, tem uma única subespécie (GLB44) extraída da flor da snowdrop (também na Bulgária), mas é produzido artificialmente em diversos países.

Mesófilo (se desenvolve melhor em condições de temperatura moderada), o Bulgaricus tem sua temperatura ideal de fermentação em torno de 22°, mas atinge a consistência ideal até em temperaturas mais elevadas, na faixa limite dos 30°. Seu sabor é neutro e muito agradável. Sintetiza lactose produzindo ácido láctico e produz também bacteriocinas, que matam bactérias indesejáveis no organismo, destacando-se por uma gama enorme de benefícios à saúde. Não por acaso, os búlgaros formam um dos povos de maior longevidade saudável de nosso planeta.

De fácil manuseio, seu preparo necessita somente da cultura inicial (starter em pó, granulado ou pasta), leite, recipiente esterilizado e colher também esterilizada. Basta reidratar brevemente e misturar o starter ao leite, deixando descansar em temperatura ambiente, até que após 24 horas nota-se que endureceu no vasilhame. Este tempo para a obtenção do ponto é variável, especialmente por se tratar de produto natural e portanto suscetível a diversas influências decorrentes da qualidade do leite utilizado (sempre integral), manuseio e temperatura local (do ambiente aonde se dá a fermentação). Não utiliza iogurteira e basta ter uma vez para de seu próprio iogurte retirar a matriz para o próximo.

O que é Lactobacillus Bulgaricus?

Bactéria

Lactobacillus é um gênero de bactérias benéficas que vivem no corpo humano e estão normalmente presentes no trato gastrointestinal e na vagina. Embora eles constituem apenas uma porção relativamente pequena da flora intestinal, ajudam a converter a lactose e outros açúcares em ácido láctico. Há um número de diferentes estirpes de Lactobacillus, sendo que o Lactobacillus bulgaricus é uma delas. Elas podem ser encontradas em alguns queijos macios e iogurtes.

História

Existe uma lenda búlgara que fala de um jovem pastor que vigiava o seu rebanho na cordilheira dos Bálcãs. A história conta que as cabras do rapaz produziram tanto leite que ele não tinha latas suficientes para armazená-lo. Então, para não perder o leite, ele fez um saco da pele de um cordeiro e colocou-o ali. Na manhã seguinte, ele descobriu que o leite tinha se transformado em iogurte, o que teria acontecido devido aos Lactobacillus bulgaricus.

Importância

Os benefícios do Lactobacillus bulgaricus para a saúde foram descobertos em 1905 pelo biólogo búlgaro Stamen Grigorov, quando ele isolou essas bactérias a partir de culturas de iogurte. Grigov comprovou que os Lactobacillus eram benéficos para o tratamento e prevenção de uma série de doenças, tais como tuberculose, úlceras e fadiga.

Lactobacillus bulgaricus e iogurte

Hoje, o Lactobacillus bulgaricus é uma das várias espécies comuns de bactérias utilizadas na produção de iogurte. Nesse processo, o L. bulgaricus se alimenta do leite e produz ácido lático. As bactérias ajudam a quebrar a enzima lactose no intestino e ajudam na digestão.

Função

Os Lactobacillus bulgaricus ajudam o corpo a quebrar certas enzimas, como a lactose, o que pode auxiliar o processo digestivo, especialmente em pessoas que são intolerantes à lactose. As bactérias amigáveis também ajudam a promover o crescimento de outras bactérias benéficas e a manter um sistema imunológico saudável. Elas também podem ajudar o corpo a metabolizar lipídios e manter níveis saudáveis de colesterol. Já que o L. bulgaricus tem propriedades antibióticas, pode ajudar a prevenir infecções e evitar a proliferação de microrganismos patogênicos no intestino.

Instruções para o manuseio do Bulgaricus Iogurte Infinito

1. Esterilize os utensílios.

2. Reidrate o conteúdo da embalagem recebida colocando-o em duas colheres de sopa de leite (integral e à temperatura ambiente) durante 15 minutos. Após, dê a partida inicial misturando o starter reidratado a 100ml de leite (integral e à temperatura ambiente) e batendo no liquidificador ou mixer por aproximadamente 2 minutos. Depois, despeje todo o conteúdo num recipiente de vidro e tampe com filme plástico, guardanapo ou toalha de papel, fixando com fio ou elástico.

3. Deixe fermentar até que atinja o ponto ideal de firmeza. O tempo base para este processo é de 24 horas, porém varia por estarmos trabalhando com produto natural, suscetível a diversas influências decorrentes de uma série de fatores, como a qualidade do leite utilizado (sempre integral e à temperatura ambiente), manuseio e temperatura local (do ambiente aonde se dá a fermentação). A temperatura ambiente indicada situa-se em torno de 24°.

4. O recipiente da fermentação deve ficar totalmente estático, sem ser movimentado ou balançado nesse período.

5. Assim que perceber a consistência firme, coloque-o na geladeira para estabilizar a fermentação. 

6. Entre duas e quatro horas pode retirar, está pronto seu Bulgaricus. Antes de servi-lo faça a nova partida, tirando um pouco do iogurte pronto do centro do recipiente. Para cada colher de sopa cheia retirada, coloque o equivalente a 100ml de leite integral e à temperatura ambiente.

7. O que sobrou pode ser consumido puro, com adição de frutas, a seu gosto.

8. Quando fizer pela primeira vez, não consuma o primeiro, apenas tire a próxima partida e comece a consumir a partir do terceiro ou quarto, de preferência. Nos primeiros dias o gosto ainda estará carbonatado, mas à medida que as fermentações forem se sucedendo o sabor passará a ser o natural.

9. Se você perceber que o iogurte “desandou”, seja por por alteração brusca ou inadequação de temperatura, desproporção do leite ou qualquer outro motivo, não se preocupe; é só dessorar este resultante colocando-o em um coador de café e deixando-o na geladeira em torno de 4 horas (ou até todo o soro ser drenado). Após misture o conteúdo do coador a 100ml de leite (integral e à temperatura ambiente) e bata no liquidificador ou mixer por aproximadamente 2 minutos. Depois, despeje todo o conteúdo num recipiente de vidro e tampe com filme plástico, guardanapo ou toalha de papel, fixando com fio ou elástico.

10. Não esqueça de fazer seu starter reserva. Assim que fizer seu primeiro iogurte, lembre de retirar uma parte e congelar.

11. Basta seguir estas instruções, dar manutenção e o seu Bulgaricus será para sempre.

filmjolk-yogurt

O FILMJÖLK é um iogurte mesófilo, de origem nórdica e existe desde o tempo dos VIKINGS, o Filmjolk embora seus primeiros registros escritos datem do século 18.  Assim, possui uma longa história de saúde e longevidade, já que os europeus do norte, especialmente os escandinavos, têm sua trajetória como povo intrinsicamente ligada aos animais leiteiros, estando o leite e seus derivados profundamente enraizados em sua cultura  e tradição culinária, (se desenvolve melhor em condições de temperatura moderada).

Sua temperatura ideal de fermentação situa-se em torno de 22° e considera-se 25° já uma temperatura limite, que não deve ser excedida para que se obtenha a consistência ideal.

Devido ao seu sabor amanteigado e levemente adocicado, proporciona vasta utilização na culinária e é muito apreciado pelos escandinavos, utilizado em uma grande variedade de doces e afins, geléias, adicionado à aveia, granola, musli ou dessorando o iogurte pronto. Em forma de nata pode ser um saboroso creme de leite, altamente saudável, utilizado nos cremes em geral e até no molho do macarrão.

O FILMJOLK, misturado ao Kefir de leite (ambos já fermentados) apresenta um sabor entre o levemente doce e o levemente azedo, proporcionando cremes probióticos deliciosos.

De fácil manuseio, seu preparo necessita somente da cultura inicial (starter em pó, granulado ou pasta), leite, recipiente esterilizado e colher também esterilizada. Basta reidratar brevemente e misturar o starter ao leite, deixando descansar em temperatura ambiente, até que após 24 horas nota-se que endureceu no vasilhame. Este tempo para a obtenção do ponto é variável, especialmente por se tratar de produto natural e portanto suscetível a diversas influências decorrentes da qualidade do leite utilizado (sempre integral e à temperatura ambiente), manuseio e temperatura local (do ambiente aonde se dá a fermentação). Não utiliza iogurteira e basta ter uma vez para de seu próprio iogurte retirar a matriz para o próximo.

Instruções para o manuseio do Filmjolk Iogurte Infinito

1. Esterilize os utensílios.

2. Reidrate o conteúdo da embalagem recebida colocando-o em duas colheres de sopa de leite (integral e à temperatura ambiente) durante 15 minutos. Após, dê a partida inicial misturando o starter reidratado a 100ml de leite (integral e à temperatura ambiente) e batendo no liquidificador ou mixer por aproximadamente 2 minutos. Depois, despeje todo o conteúdo num recipiente de vidro e tampe com filme plástico, guardanapo ou toalha de papel, fixando com fio ou elástico.

3. Deixe fermentar até que atinja o ponto ideal de firmeza. O tempo base para este processo é de 24 horas, porém varia por estarmos trabalhando com produto natural, suscetível a diversas influências decorrentes de uma série de fatores, como a qualidade do leite utilizado (sempre integral e à temperatura ambiente), manuseio e temperatura local (do ambiente aonde se dá a fermentação). A temperatura ambiente indicada situa-se em torno de 22°.

4. O recipiente da fermentação deve ficar totalmente estático, sem ser movimentado ou balançado nesse período.

5. Assim que perceber a consistência firme, coloque-o na geladeira para estabilizar a fermentação.

6. Entre duas e quatro horas pode retirar, está pronto seu FILMJOLK. Antes de servi-lo faça a nova partida, tirando um pouco do iogurte pronto do centro do recipiente. Para cada colher de sopa cheia retirada, coloque o equivalente a 100ml de leite integral e à temperatura ambiente.

7. O que sobrou pode ser consumido puro, com adição de frutas, a seu gosto.

8. Quando fizer pela primeira vez, não consuma o primeiro, apenas tire a próxima partida e comece a consumir a partir do terceiro ou quarto, de preferência. Nos primeiros dias o gosto ainda estará carbonatado, mas à medida que as fermentações forem se sucedendo o sabor passará a ser o natural .

9. Se você perceber que o iogurte “desandou”, seja por por alteração brusca ou inadequação de temperatura, desproporção do leite ou qualquer outro motivo, não se preocupe; é só dessorar este resultante colocando-o em um coador de café e deixando-o na geladeira em torno de 4 horas (ou até todo o soro ser drenado). Após misture o conteúdo do coador a 100ml de leite (integral e à temperatura ambiente) e bata no liquidificador ou mixer por aproximadamente 2 minutos. Depois, despeje todo o conteúdo num recipiente de vidro e tampe com filme plástico, guardanapo ou toalha de papel, fixando com fio ou elástico.

10. Não esqueça de fazer seu starter reserva. Assim que fizer seu primeiro iogurte, lembre de retirar uma parte e congelar.

11. Basta seguir estas instruções, dar manutenção e o seu FILMJOLK será para sempre.

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 − sete =